Eu não estou te dando condição

Clichê, mas precisa ser reforçado: estou sendo legal, não estou te dando condição.

Frequentemente pessoas desconhecidas me adicionam no Facebook. Mais frequentemente ainda, essas mesmas pessoas puxam um certo assunto, tentando aproximação. Fui ensinada a não falar com estranhos, mas a internet quebrou esse tipo de barreira educacional muito cedo. Quando você se dispõe a falar com outra pessoa, involuntariamente você acaba se sujeitando a ouvir qualquer tipo de coisa vindo dela também - além de, obviamente, correr o risco da mesma te interpretar mal.
Uma das coisas que eu jamais conseguirei entender é essa síndrome de napoleão que alguns caras adquirem online. Pode funcionar para algumas pessoas, mas a sua foto sem camisa com um sorriso sensual não vai me fazer cair aos seus pés depois de um "olá". Mostrar falso interesse pelo meu estado de espírito ou em como foi o meu dia, também não. Aliás, se você não está interessado em me conhecer como pessoa, você vai perder o seu tempo. 

Os termos para quem não cai nessa conversa para boi dormir variam de "metida" a "arrogante", o que na real, eu acho um desaforo. Sou uma escrota, mas arrogante não! Se combinarmos de ir tomar um café, tomaremos esse maldito café e conversaremos. Se formos ao cinema, veremos essa porcaria de filme. Sem planos mirabolantes nas entrelinhas para nos comermos por quinze minutos. Sem ambiguidade nos encontros marcados. Só o que parece ser, nada além disso. E tudo bem, sabe? Vocês homens napoleões podem ter os seus lanches da madrugada, porque mulher também faz sexo casual e tem números de amigos salvos no celular para hora do vamos ver. Mulher também gosta de uma foda sem sentimentalismo barato. E não posso falar no geral, mas falando por mim, se eu estiver interessada na sua pessoa, vai estar claro. Portanto, parem de confundir as coisas, de ver pingo onde não tem i, porque eu sou uma pessoa simpática, e isso não quer dizer, de maneira alguma, que a gente vai trepar dia desses. 

6 comentários:

  1. Já dizia a comunidade do Orkut "sou legal, não estou te dando mole". hauahau...
    Uma Questão de Estilo

    ResponderExcluir
  2. To te aplaudindo de pé! Hoje em dia quase todo cara tem a síndrome de napoleão. E é um saco o falso interesse, é um saco ter que explicar diversas vezes: Eu não quero pegar você.
    http://www.hurricanestars.com/

    ResponderExcluir
  3. Sammy, que linda essa foto nova *-*
    E que texto, foda! Me identifiquei no: "Sou uma escrota, mas arrogante não!" HAHAHA!

    Incrível como a sociedade patriarcal e machista insiste em manter a pose de que só os homens podem tudo, né?. Há exceções em todos os pontos de vista, mas sua opinião é ótima, e se não te interessa meio termo e "blá blá blá" para não perder tempo, está mais do que certa ;)

    Viva a liberdade!

    Muah ;*

    Faroeste Manolo

    Página Facebook

    ResponderExcluir
  4. Te amo Sammy <3 HHJHASUHASU Apenas dizendo tudo.
    Eu tenho uma dificuldade enorme de cortar as pessoas, sabe? Não consigo ser (muito) grossa, e isso as vezes faz elas acreditarem que eu estou dando condição, quando na verdade não estou dando a mínima. Estamos vivendo eras de egos infladíssimos, ahauahus
    beijos <3

    ResponderExcluir
  5. Obrigada por falar por mim. hahahah Cara isso aconteci direto e é um saco. Esses dias fui deixar meu carro no lavador e deixei o telefone para buscar depois . Um cara estava perto anotou depois chegou no whats puxando conversa eu simpatica respondi porque ate então não sabia e depois o cara sem noção veio com uns papos tortos mais FDP.

    Adorei esse texto,vou compartilhar com todos.
    Beijos

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já aconteceu muiiiito comigo de ser mal interpretada e muitos malucos acharem que tô dando mole. O que é uma grande bosta ;/ Mas agora sinto que sou mais fechada e poucas pessoas se aproximam, em parte, resolvi o problema kkkk


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir