Bom senso e Futilidades

Esse é um assunto extenso e claro que eu não conseguiria abordar tudo sobre ele numa única postagem, mas vou tentar resumir de alguma forma tudo o que eu penso sobre isso.
É claro que bom senso e futilidades são duas coisas que andam totalmente lado a lado, como amor e ódio, luz e escuridão e enfim... Mesmo que tenha gente que não concorde tanto com esse fato.


O melhor exemplo sobre ambas as coisas é no quesito "moda". Estar na moda hoje em dia não é uma dificuldade pra ninguém, já que a cada dia-semana-mês surgem milhões de novas tendências e, em algum momento, alguma delas vai se encaixar no seu perfil. O grande problema é que nem todo mundo pensa assim e tenta aderir todos os lançamentos.
Acho super importante um ser humano ter plena consciência que tem coisas que não se adaptam ao perfil daquela pessoa. Perfil esse que ela mesma constrói com o passar do tempo. Acredito que nessa hora entra o bom senso e a futilidade, porque na realidade, será que você precisa mesmo seguir todas as tendências, usar todos os lançamentos, estar totalmente incluído? Afinal de contas, eu me sinto incluída fazendo parte de uma ou outra tendência que se encaixam com as coisas que eu gosto e que combinam comigo, sem precisar ultrapassar o limite da coisa pra isso.
Tendências são coisas muito passageiras, apesar da moda ser algo que vai e eventualmente volta. Se todo mundo tem essa consciência (e claro que todos tem, porque sempre tem aquela pecinha xadrez de quinhentos anos atrás guardada no armário sabendo que eventualmente xadrez vai voltar aos topos), por que extrapolar tanto? Tenha bom senso. Não seja uma garota fitness de instagram porque é moderno ser geração whey protein agora. Não seja uma dessas pessoas que decidem sair com a barriga de fora escorrendo banha porque quer aderir as cropped. Não use salto alto só porque fulano considera mais feminino. Não seja anoréxica porque a indústria da moda ditou que é o correto. Não coloque silicone porque a Clara do BBB tem cinquenta quilos de peito em cada lado. Tenha bom senso.

Já parou pra pensar o quão fútil é você fazer algo que, você nem gosta ou se sente tão bem assim, mas faz porque está na moda fazer? Já concluiu que, fazer as coisas por tendências momentâneas te torna uma pessoa vazia de personalidade? A moda é totalmente democrática e dá escolhas para todos os tipos de pessoas, sem exceção. Então pra que escolher ser fútil e abandonar o bom senso?

18 comentários:

  1. Eu falei que me identificava com seu blog... Sério, não sou dessas pessoas que seguem moda a qualquer custo. Tenho minhas preferências e fico satisfeita quando alguma delas esta em alta, entretanto, não abro mão da minha blusa xadrez em hipótese alguma! Tenho que confessar que estou determinada a aprender a andar de salto porque acho que deixa a mulher mais arrumada mas odeio a sensação de perda de equilíbrio! ;)

    ResponderExcluir
  2. Eu me incomodo bastante com isso, não sou contra futilidades e acho que muitas coisas que consideramos fúteis são essenciais pra nossa vida... Mas essa coisa de não ter opinião própria e ser maria-vai-com-as-outras, me irrita demais, principalmente nessa geração whey protein que você mencionou. Uma pressão enorme, um saco, para que todos sejam pró fitness e saiam fazendo exercícios e enchendo a cara de frango. Mas ok, cada um faz o que quer, só gostaria realmente que as pessoas pensassem antes de sair espalhando, divulgando, afirmando e exaltando coisas que elas nem sabem direito do que se tratam e como funcionam! Também acho que as pessoas usam a palavra "moda" de uma maneira muito pejorativa, como nos quotes que você selecionou, achei engraçados e críticos, mas ao mesmo tempo preconceituosos com a palavra fashion, que é um sistema gigante, que tá nas entranhas do capitalismo e que movimenta nosso mundo, querendo ou não.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  3. Não faz sentido você comprar ou usar algo só porque está na moda. Às vezes acabamos até usando uma peça que é tendência no momento porque concordamos com aquilo e está disponível, mas quando não há essa coerência, realmente não tem como. Algumas pessoas parecem se convencer de que, porque "está na moda, então deve ser bom pra mim", mas não é bem assim que funciona - daí gerando uma falta de identidade e/ou mesmo consumismo que vai deixando um monte de tralha no guarda-roupa que, depois que sai da moda, você já não se identifica mais... afinal, quem é você? Mas pra nem todo mundo é fácil entender o que gosta e o que não gosta, vejo isso nas lojas com as vendedoras dizendo "ah mas agora vai usar muito isso daqui".. mas tipo, e daí? Não é meu gosto, não tem a ver comigo, não deveria ser um argumento esse tipo de coisa.

    FIERCEKRIEG

    ResponderExcluir
  4. Muito bom o post, não sou dessas que compra de tudo mudam totalmente de estilo só pra dizer "estou na moda", tem muitas coisas que esta na moda e eu não gosto simplesmente porque não combinam comigo, e também nunca fui de usar muito salto porque já sou alta demais kkkk e não vou parecer uma girafa me sentir mal por que as pessoas gostam, temos que usar o q realmente gostamos e nos sentimos bem (= , mt bom o post ...
    Beijoos...

    http://jhenyfersantanna.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ai esse post está maravilhoso <3 Sério mesmo!
    Não aguento mais ver coisas forçadas, sabe? Você tem blog e deve ver tanto quanto eu, muita coisa não se encaixa na personalidade (pelo menos parece não encaixar) de algumas pessoas mas só usam "porque está na moda". E nem me fala essa de musa fitness, como eu ODEIO!!! Primeiro porque eu malho há muuuito tempo e nunca, jamais, never, vou abrir mão da minha juventude, da minha vida social - com muita cerveja e batata frita - pra ficar com um corpo muito foda. Primeiro que, eu malhando e comendo certinho e tendo minhas saidinhas tenho um corpo razoável, e não falo que estou 100% feliz porque ninguém tá, mas sei que já fui muito pior. E eu to muito bem assim, obrigada! Odeio ver essas pessoas com lemas absurdos de "não parar enquanto sentar e dobrar (a barriga)". PFVR, quando você tiver 40 anos vai se arrepender de ter deixado de sair com medo de engordar haahahaha
    E CHEGA DE BRIGADEIROS DE WHEY.
    (#desabafo)

    Um beijo,
    Isabella do www.theurbantrends.com

    ResponderExcluir
  6. Acho importante a gente não ser escravo da moda, mas tem certas tendências que são eternas. Por exemplo, xadrez a gente sabe que entra ano e sai ano sempre aparece na estação outono-inverno, assim como pretinho básico, pérolas..
    big beijos
    Lulu
    http://www.luluonthesky.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post Sammy. Me fez lembrar das garotas que cursam moda, arquitetura, direito lá da minha faculdade. É uma coisa absurda de bizarro! Elas disputam tanto para irem estilosas e "na moda" que acabam exagerando. Por exemplo, 7h da manhã tem garota com vestido preto de paetê e salto alto. PENSE NISSO! HAUAHUAHUHAU Sem contar que muitas vezes ser assim nem é o estilo da pessoa, as vezes ela quer se enquadrar nos padrões. Eu por exemplo, confesso para todos que sou péssima em compor looks legais. Minha criatividade é ZERO! Mas prefiro me vestir com algo que me deixe bem, bonita e confortável (dentro do bom senso, é claro) do que forçar algo que não é o meu tipo pra mostrar que eu entendo de moda porque tenho um blog. Nossa, deu pra entender? AHUAHUA
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  8. Eu amei o post. Nunca fui muito de acompanhar as tendências de moda, pelo fato de que na maioria das vezes eram tendências que eu não gostava. Como você disse é futilidade "ser e fazer" algo que você não goste só para acompanhar a moda.
    Beijos | www.doseujeito.tk

    ResponderExcluir
  9. Não adianta, as tendências podem "jogar" o que quiserem para cima de mim, mas se não combinar comigo, não rola mesmo!
    Por isso compro mais maquiagem que roupa hahaha
    Essa história de preciso ter porque lançou é bomba, explode na cara de muita gente provocando cegueira!

    Estilo e personalidade acima de tudo!

    http://www.powerinred.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Concordo plenamente... Eu acredito que o estilo vai além das tendências, pode até utilizá-las mas sem nóia.

    Bjos, lindona!

    http://chuvadecamelias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post e esse povo que segue modinhas me irritam haha
    AltoseBaixos

    ResponderExcluir
  12. Acho que cada um tem que seguir a tendencia que acha aceitavel para si mesmo, ninguém é obrigado a usar o que não gosta ou não quer...

    ResponderExcluir
  13. Concordo com você, bom-senso e futilidades andam juntos!
    Acho ridiculo quem segue modinhas por estarem na moda. Cada um tem que ser do jeito que é, e seguir aquilo que lhe caí bem.
    Beijos, beijos!

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Mandou super bem no recado Sammy. Hoje em dia as meninas estão meio deslumbradas com muitas tednências e estilos de vida que muitas vezes pegam aqui na internet (valeu Tumblr!) e muitas se frustram se não conseguem usar ou ser daquele jeito, como se fosse lei ser assim. Acabam sendo coisas que não são ou usando coisas que não gostam apenas porque está na moda, é legal e vão achar que elas são descoladinhas... E isso vai começando cada vez mais novinha né? Fico bem triste de ver aonde isso vai dar.

    Eu sempre gostei de moda, mas nunca usei nada que não pudesse me fazer bem ou me sentir confortável, acho que essa era a minha palavra de lei: Conforto. Até hoje sou assim, mesmo ousando um pouco mais, ainda levo o meu bom senso bem aqui do meu ladinho.

    Amei o texto!

    Beijos da Tabatha!
    www.naocontapraninguem.com

    ResponderExcluir
  15. ÓTIMO POST! Falou e disse!
    Acho que nesse mundo da moda existe muita pressão para sermos tudo ao mesmo tempo e isso deixa qualquer um louco.
    Acho que está faltando autenticidade nesse mundo, pois saímos nas ruas e só vemos cópias.
    Beijos!

    Prioridades femininas

    ResponderExcluir

  16. Este post disse tudo que eu penso e ponho em prática! Para mim a moda quem faz somos nós! De acordo com seu estilo e bolso, tentando seguir a tendência, que seja adequada ao petfil! Eu tento passar esta idéia em meu blog, quando monto meus looks, o meu estilo sou eu quem determino e uso o que me sinto bem. Parabéns pelo post. Vc arrasou e me inspirou a falar sobre algo que sempre quiz, mas faltou incentivo!

    http://mulhersuperfashion.com/

    ResponderExcluir